5 maneiras pelas quais as soluções digitais podem aumentar a eficiência do centro cirúrgico

 

13 min de leitura | última atualização em: 6 de julho de 2021
Baixe esta página em PDF

 

Os centros cirúrgicos atuais se tornaram ambientes complexos e altamente tecnológicos. Em vez de aumentar a complexidade da disposição do centro cirúrgico, as tecnologias digitais inteligentes precisam simplificar os fluxos de trabalho. E elas precisam ampliar a eficiência e a produtividade da equipe do centro cirúrgico. E como a tecnologia pode cumprir essa promessa? Vamos mostrar isso a você de cinco maneiras.

1. Reduzindo o tempo de configuração e preparação 

Ícone com calendário e marca de seleçãoEm primeiro lugar, o uso eficiente do centro cirúrgico depende de:

Agendamento fácil e flexível de casos

Este é um quebra-cabeça diário para hospitais resolverem - continuamente. Um número suficiente de salas de cirurgia precisa estar pronto para intervenções programadas, e os hospitais precisam ter em mente as solicitações dos cirurgiões e as mudanças de última hora ou casos de emergência chegando a qualquer momento. Além disso, nem sempre é fácil prever quanto tempo uma intervenção levará, então você precisa levar isso em consideração também. Normalmente, um sistema de agendamento ajuda o hospital a organizar as salas de cirurgia.

Ao mesmo tempo, os hospitais desejam distribuir cirurgias da forma mais inteligente possível. Muitas vezes não é um luxo desnecessário bloquear uma sala de cirurgia extra, apenas para garantir. No entanto, assim como o departamento cirúrgico gera receita para o hospital, o mau agendamento pode resultar em custos que o hospital dispensaria de bom grado. Como resultado, o software para gerenciamento de operações cirúrgicas está se tornando mais inteligente e até mesmo se move em direção ao uso de algoritmos para tornar o agendamento mais fácil.

Tempo necessário para preparação e configuração da tecnologia

O que é centro cirúrgico via IP?

A integração de vídeo altera a forma como os cirurgiões e técnicos compartilham e visualizam informações nas salas de cirurgia.

Saiba mais >

As salas de operação hoje consistem em mais tecnologia a cada ano. Portanto, preparar a sala de operações tornou-se mais complexo e demorado. Resultado? Atrasos no início de casos, cancelamentos e listas de espera de pacientes mais longas.

Configurar o ambiente de cirurgia para um novo paciente deve ser algo simples e direto. Uma tecnologia como a integração de vídeo baseada em IP para o centro cirúrgico, também chamada de "centro cirúrgico sobre IP", pode reduzir a complexidade e o tempo de preparação. Ela oferece uma arquitetura padrão, que simplifica a instalação e reduz o tempo de configuração.

Configurar o ambiente de cirurgia para um novo paciente deve ser algo simples e direto.

2. Possibilitando decisões eficientes e agilizando o tratamento

Ícone com ferramentas cirúrgicasO trabalho em um centro cirúrgico pode ser estressante, agitado e fisicamente exigente. Uma das funções da tecnologia digital no centro cirúrgico é melhorar as condições de trabalho da equipe cirúrgica, de maneira que ela possa trabalhar com todo o conforto, tomar decisões rápidas e precisas, além de reduzir erros.

A cirurgia sempre foi uma profissão "visual": você confia nos seus olhos para fazer o trabalho cirúrgico. Com endoscópios e a robótica agora se tornando essenciais, esse aspecto visual ganhou uma nova camada de significado. Cirurgia agora também significa trabalhar com monitores e até streaming remoto - no cerne do qual está, novamente, a tecnologia. As informações visuais se estenderam a câmeras endoscópicas, câmeras de sala e boom, ultrassom, PACS e informações do paciente. É de vital importância que você possa confiar nessas informações, assim como Andreas Vesalius confiou em seus olhos quando começou a analisar o corpo humano.

Quais são os requisitos da tecnologia de visualização no centro cirúrgico?

As imagens médicas devem ser nítidas e sem perdas (ou seja, descompactadas, para nenhuma qualidade original seja perdida). 4K e imagens 3D expandem amplamente as opções de imagem, para que você possa ajustar a tecnologia a intervenções específicas. Com maior conforto ergonômico, as ações podem ser realizadas com mais confiança.

Mesmo assim, não adianta ter a melhor qualidade de imagem se as imagens aparecerem com um atraso de vários segundos, certo? Você pode ter os melhores monitores da sala de cirurgia, mas eles precisam permitir que o cirurgião mantenha uma coordenação olho-mão perfeita. Novamente, é aqui que entra o centro cirúrgico via IP. Porque essa tecnologia torna possível compartilhar imagens com sem anomalias, no formato original completo, e isso quase sem atraso.

Em resumo, a tecnologia deve apoiá-lo sem você nem perceber.

 

A tecnologia deve apoiá-lo sem você nem perceber.

3. Reduzindo o tempo de rotação

Ícone com relógio e seta ao redor dele em um círculoA rotatividade de pacientes é o tempo entre dois pacientes consecutivos. Isso consiste em:

  • limpar a configuração do centro cirúrgico do paciente anterior
  • prepará-lo para o caso seguinte

Não existem duas intervenções iguais. Para alguns tipos de cirurgia, como híbrida ou robótica, um hospital pode ter salas exclusivas. Mas mesmo assim, é possível que duas cirurgias consecutivas precisem de uma organização diferente da sala.

Com uma configuração de tecnologia muito complexa, o risco de atrasos nas intervenções é maior - uma grande fonte de insatisfação no centro cirúrgico. Todo o tempo perdido na configuração da tecnologia leva à subutilização do centro cirúrgico. Por exemplo: aquele monitor 3D que você tem no OR2 é capaz de receber e exibir imagens em 2D quando essa é a melhor opção? Ou você pode usá-lo apenas para imagens 3D?

Os sistemas de integração de vídeo baseados em IP podem funcionar como plug-and-play. Com um sistema flexível, você pode alternar facilmente entre configurações e procedimentos, adicionar ou remover dispositivos e reduzir o tempo de rotação. Também há menos componentes para configurar e se preocupar: menos cabos, mas também menos conversores externos, extensores ou divisores.

 

"Não podemos comprar uma modalidade de imagem para cada centro cirúrgico - isso seria muito caro e também ineficaz. Portanto, compartilhamos esses dispositivos entre diferentes centros cirúrgicos. O Nexxis facilita muito isso: tudo que você precisa fazer é conectar o codificador, integrá-lo, conectá-lo com um único cabo e ele simplesmente começa a funcionar."
- Dr. Peter Müller,
médico sênior, cirurgia de trauma no Hospital de Augsburg (Alemanha)

4. Reduzindo o tempo de instalação e a manutenção técnica

Ícone mostrando uma chave inglesa em um círculoPara funcionar, todas as coisas de tecnologia têm dois requisitos básicos: instalação e manutenção (para hardware) ou atualizações (para software) ao longo da vida útil. Como usuário, você deseja que elas sejam as mais rápidas e fluentes possível.

Os profissionais de manutenção gostam de agendar com antecedência. É por isso que eles valorizam um centro cirúrgico digital que pode evoluir sem problemas com o tempo, junto com as necessidades da equipe de centro cirúrgico e novas tecnologias. Uma solução em rede baseada em uma arquitetura padrão torna possível preparar o cabeamento com antecedência e adicionar novas fontes ou dispositivos a qualquer momento. Novamente, trata-se do conceito "plug and play": OU as atualizações podem ser executadas rapidamente com interrupção limitada. Um sistema dimensionável e flexível permite que você se adapte conforme suas necessidades e se expanda conforme o seu crescimento.

Toda tecnologia possui dois requisitos básicos: instalação e manutenção ou atualizações. Tanto os técnicos quanto os usuários desejam que estes funcionem com a maior fluência possível.

5. Reduzindo o tempo de inatividade devido a problemas de equipamento

Ícone que mostra o gráfico de barras com as barras diminuindo ao longo do eixo x. A seta decrescente segue as alturas decrescentes das barras.E há aquela outra coisa inevitável que pode eventualmente vir com a tecnologia... Tempo de inatividade. Encontrar a causa raiz de um problema técnico, como um cabo com defeito, requer tempo, conhecimento e, às vezes, equipamento de medição caro.

Como estamos chegando ao fim deste artigo, este é outro ponto em que o software entra em ação. Porque a melhor maneira de resolver um problema é certificando-se de que ele nunca ocorra (ou se torne sério) em primeiro lugar. O mercado já oferece sistemas de software que podem se conectar a sistemas de centro cirúrgico via IP e monitorá-los 24 horas por dia, 7 dias por semana. Esse monitoramento pode ser feito pelo próprio hospital ou remotamente pelo integrador que forneceu o sistema de centro cirúrgico via IP, para que você não precise se preocupar com isso.

Problemas comuns de tecnologia no centro cirúrgico

Quais são os problemas técnicos comuns na sala de cirurgia? E como você pode evitá-los?

Saiba mais >

Esses sistemas de monitoramento rastreiam o equipamento no centro cirúrgico, como os monitores e os cabos de fibra nos quais o sistema de centro cirúrgico via IP é construído. Eles estão conectados à nuvem e enviarão uma notificação quando detectarem um dispositivo ou cabo que está apresentando um erro.

Os benefícios são que os problemas podem ser resolvidos de forma proativa, há menos chance de falha de infraestrutura durante uma intervenção e as manutenções podem ser programadas de forma proativa e somente quando necessário. Também é uma forma de reduzir o tempo que o centro cirúrgico não é usado devido a problemas de tecnologia.

Centro cirúrgico sobre IP é o futuro

Em um ambiente onde as apostas do paciente são tão altas e onde cada minuto significa literalmente dinheiro, a tecnologia digital pode ajudar a melhorar a produtividade e eficiência dos já altamente qualificados profissionais de centro cirúrgico de hoje. O centro cirúrgico de hoje e do futuro é aquele em que são criadas as condições que permitem aos cirurgiões fazer o seu melhor trabalho, entregando imagens altamente precisas e fornecendo as condições de trabalho mais ergonômicas.

Mas a tecnologia evolui continuamente e, portanto, o centro cirúrgico também precisa ser facilmente adaptável e intercambiável para atender às necessidades futuras. Seu ambiente deve ser flexível o suficiente para acomodar as tecnologias mais recentes, como imagens 4K, sem ter que desligar sua infraestrutura atual. Integração de vídeo baseada em IP, ou o chamado centro cirúrgico sobre IP, é uma solução que dará suporte a essa expansão de tecnologias no futuro.


Conheça a solução para centro cirúrgico via IP da Barco

voltar ao topo

Baixe esta página em pdf